sábado, 30 de outubro de 2010

Estudar com tino


O acto de estudar não implica que tenhamos de “marrar” horas a fio. Pelo contrário, devemos ter horas para tudo: para praticar desporto, conviver com os amigos, ver televisão, conversar na Internet, enviar sms, ….
Mas o futuro também se constrói agora e por isso é preciso dedicar uma boa parte do tempo ao estudo.
Mesmo que se falhe num ou outro teste ou trabalho, é necessário construir a confiança todos os dias.
Aqui ficam quatro conselhos para o sucesso!
· Sempre que possível, é bom escolher a manhã ou o fim da tarde para o trabalho mental. Antes de dormir só pequenos trabalhos ou revisões!
· Os trabalhos de concentração devem ser desenvolvidos por pequenos períodos e, quando sentirmos cansaço, devemos fazer uma pequena pausa(15 a 20 minutos!) ou mudar para outra matéria mais “ligeira”.
· Devemos fazer um horário para estudar e tentar cumpri-lo.
· Estudar não é sinónimo de estudar muito. Convém:
                -saber “ler”
                -saber distinguir o essencial do acessório num texto
                -saber resumir
                -saber tirar apontamentos
                -saber interpretar.
Agora é só começar e cumprir!

Sem comentários:

Publicar um comentário